Cuidados necessários com pessoas mais velhas: veja aqui quais são eles!

Quando chegar a hora de cuidar de seus entes queridos idosos, você quer ter certeza de que eles serão tratados com cuidado, amor e paciência, além de que muitas pessoas fazem um curso de cuidador de idosos.

Embora às vezes possa ser estressante, você também deve ter em mente que não é fácil para eles se tornarem dependentes de você ou de outros para seus cuidados. É importante que você se familiarize com as maneiras de proporcionar-lhes o melhor cuidado possível.

1. Visitas frequentes



É importante visitá-los com frequência. Eles precisam da interação social com você e você tem a certeza de que estão seguros, saudáveis e, em geral, indo bem.

Durante sua visita, é sempre melhor verificar na casa se há algum problema que possa precisar ser resolvido, como a limpeza geral da casa ou se alguma coisa está quebrada que possa precisar ser consertada. Além disso, faça uma verificação de rotina de seu fornecimento de alimentos, lavanderia, correio e plantas.

2. Verifique seus medicamentos

Certifique-se de que eles sejam fornecidos com seus medicamentos de forma apropriada. É importante que todas as suas prescrições sejam preenchidas e reenchidas conforme necessário.

Se eles estiverem tomando vários medicamentos, é melhor comprar um organizador de caixa de comprimidos com compartimentos rotulados com os dias da semana, bem como doses corretas.

Isto pode ajudar a simplificar o processo de tomar os medicamentos. Além disso, se um novo medicamento for prescrito, não deixe de perguntar ao médico ou farmacêutico sobre possíveis efeitos colaterais ou possíveis interações com os medicamentos atuais.

3. Contratar ajuda

Pode haver a necessidade de contratar um ajudante, assistente ou zelador. Pode ser alguém que ajude seu ente querido em suas atividades diárias, como tomar banho, fazer recados ou cuidar da casa. Se não for alguém que você conhece pessoalmente, então você deve sempre verificar as referências ou passar por uma agência licenciada. Isto pode precisar ser uma despesa orçamentada ou pode ser um recurso que esteja disponível por uma taxa nominal ou gratuitamente, dependendo se seu ente querido se qualifica.

4. Fazer modificações em sua casa

É melhor dar uma boa olhada em sua casa e avaliar o que pode ser um risco para a segurança. Algumas podem ser reparos simples, enquanto outras modificações podem estar mais envolvidas. Estas incluem:

  1. Instalação de uma rampa para cadeiras de rodas ou andadores.
  2. Instalação de corrimãos e barras de agarrar no banheiro e no chuveiro.
  3. Instalação de uma privada elevada.
  4. Teste realizar a instalação de detectores de fumaça e detectores de monóxido de carbono.
  5. Verificar a iluminação geral da casa para ter certeza de que está suficientemente brilhante.
  6. Conectando algumas luzes noturnas de auto sensor em toda a casa para que eles possam ver se acordam à noite.
  7. Certifique-se que haja tapetes ou tiras antiderrapantes no chuveiro ou banheira ou qualquer outra área potencialmente escorregadia da casa.
  8. Remova a bagunça extra que está deitada em volta ou móveis que estejam no caminho.
  9. Remoção de pequenos tapetes.
  10. Assegurar que cabos, cordas e arames estejam seguramente escondidos para evitar possíveis quedas.

Falar abertamente sobre suas finanças

Na maioria das vezes, seus entes queridos idosos não se sentem confortáveis ou dispostos a falar sobre suas finanças. Mas você deve tentar ter discussões abertas sobre suas finanças, especialmente se eles vivem com uma renda fixa ou se há um orçamento a ser obedecido.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Brasil prepara o plebiscito sobre dívidas e privatizações

O que fazer em Fortaleza? Dicas para fazer o roteiro pelas praias mais lindas do Brasil

Qual a diferença entre blocos, trio elétrico e cordas? Salvador 2021 - saiba tudo!